Blog

Debates sobre acessibilidade no transporte começam com Regional Leste

27 de outubro de 2015

Encontro marca início da rodada de debates que abordarão cada uma das regionais da cidade

Usuário de Cadeira de rodas, vereador Leonardo Mattos quer debater atendimento às pessoas com deficiência em todas as regiões de BHAbrindo a série de audiências da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor que discutirão “Acessibilidade e Qualidade no Transporte Público Coletivo de BH” em todas as regionais da cidade, a situação dos veículos e equipamentos de segurança, o atendimento prestado e as dificuldades enfrentadas pelos usuários nas linhas que operam na Regional Leste serão debatidas nesta quarta-feira (28/10), às 18h30, no Plenário Helvécio Arantes. Requerido pelo presidente do colegiado, vereador Leonardo Mattos (PV), o encontro é aberto à participação de qualquer cidadão interessado.

Elevadores estragados, cintos de segurança que não funcionam, falta de capacitação e gentileza de motoristas e agentes de bordo foram alguns dos problemas apontados no transporte coletivo por usuários com deficiência na audiência pública promovida em setembro pela mesma comissão, também solicitada por Mattos. Como encaminhamento do debate, o parlamentar, que também é usuário de cadeira de rodas, propôs a realização de novas audiências para discutir a falta de acessibilidade com representantes do poder público, empresas concessionárias, entidades de defesa das pessoas com deficiência, moradores e usuários em cada uma das nove divisões administrativas regionais da capital.

Segundo Mattos, as principais reclamações ouvidas durante as reuniões da Pré-Conferência Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência, que aconteceram no primeiro semestre deste ano, também estavam relacionadas à falta de acessibilidade no transporte coletivo por ônibus, problema que, de acordo com o parlamentar, precisa ser solucionado em curtíssimo prazo pela BHTrans.

Na sequência, deverão ser debatidas as situações das regionais Centro-sul (17/11); Nordeste (24/11); Venda Nova (15/12) e Barreiro (23/2/16). As datas e os locais das audiências, bem como o agendamento dos debates nas demais regionais, serão confirmados e divulgados oportunamente.

Convidados
Para avaliar a situação e debater os eventuais problemas apontados, foram convidados os secretários municipais de Governo e de Administração Regional Leste, com as respectivas gerentes de Manutenção e de Atendimento à População; Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap); BHTrans; Ouvidoria Geral do Município; Defensoria Pública da Pessoa com Deficiência; Promotoria de Justiça do Direitos da Pessoa com Deficiência de BH; Coordenadoria Municipal de Direitos das Pessoas com Deficiência; Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência de MG (Condep); Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência da OAB-MG; Conselho de Arquitetura e Urbanismo de MG; e Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB-MG).

Representando as empresas de transporte coletivo, os sindicatos dos Rodoviários de Belo Horizonte; dos Permissionários Autônomos do Transporte Suplementar da Região Metropolitana de Belo Horizonte (Sindipautras); das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte (Setra-BH); Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado de MG; e o Consórcio Operacional do Transporte Coletivo de Passageiros por Ônibus do Município de Belo Horizonte (Transfácil).

Também são aguardados representantes das entidades Associação Mais Acessível (AMA), Associação de Deficientes Visuais de Belo Horizonte (Adevibel), Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), Escritório Estadual da Federação Brasileira de Instituições de Excepcionais (Fiebex) e Creche Tia Dolores, além de todos os Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) localizados na Região Leste.

A audiência é aberta à participação de qualquer cidadão interessado, ou pode ser acompanhada pela TV Câmara, no portal da Casa ou pelo canal 61.4 da TV Digital.

Fonte: CMBH

Comentários