home/ Noticias / Pessoa com deficiência poderá ter direito a aposentadoria especial

Pessoa com deficiência poderá ter direito a aposentadoria especial

21 de março de 2012 | 0244 Comentarios | Arquivado em Noticias

Prevista na Constituição desde 2005, a aposentadoria especial para pessoa com deficiência poderá finalmente se tornar realidade. A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal aprovou, nessa terça-feira (20), projeto de lei da Câmara (PLC 40/2010 – Complementar) que tem por objetivo viabilizar o exercício do direito por mais de 300 mil trabalhadores nessa condição, filiados ao Regime Geral de Previdência Social (RGPS).

O texto acolhido pela CAE resultou de um ano de “intensas negociações” com diversos setores do governo federal e envolveu a participação de representantes do Ministério Público, da Defensoria Pública e entidades da sociedade civil, conforme destacou o relator, senador Lindbergh Farias (PT-RJ). Por sugestão do senador Alvaro Dias (PSDB-PR), segue em regime de urgência para deliberação do Plenário do Senado.

Condições
O substitutivo aprovado pela comissão prevê quatro hipóteses para aposentadorias de pessoa com deficiência. No primeiro caso, está o segurado com deficiência grave, que poderá se aposentar com 25 anos de contribuição, se homem, ou com 20, se mulher.
A segunda hipótese de aposentadoria contempla o segurado com deficiência moderada, que pode se aposentar com 29 anos de contribuição, se homem, ou 24, se mulher.

O segurado com deficiência leve enquadra-se na terceira hipótese, podendo se aposentar aos 33 anos de contribuição, se homem, ou aos 28, se mulher.

O grau de deficiência terá de ser atestado por perícia do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Idade
Independentemente do grau de deficiência, o trabalhador pode se aposentar aos 60 anos de idade, se homem, ou aos 55 anos, se mulher. Para ter direito a essa opção, ele deverá ter cumprido um tempo mínimo de contribuição de 15 anos e comprovar a existência da deficiência por igual período.

Mandados de Injunção
O PLC 40/2010 – Complementar foi apresentado em 2005 pelo então deputado Leonardo Mattos, cadeirante, logo após a promulgação da Emenda Constitucional 47/2005, que instituiu a aposentadoria especial para pessoas com deficiência.

Apesar da previsão constitucional, o INSS não concedia a aposentadoria diferenciada para pessoa com deficiência, como registrou o relator Lindbergh Farias, por falta de regulamentação da matéria. Por isso, várias entidades de classe impetraram mandados de injunção no Judiciário.

Lindbergh observou que o Legislativo não poderia mais permitir que outro Poder – o Judiciário – continuasse a produzir norma cuja competência é exclusiva dos parlamentares.

Fonte: Agência Senado
Repórter: Djalba Lima

Palavras chaves: , , .
244 Comentários em Pessoa com deficiência poderá ter direito a aposentadoria especial
  1. sergio
    10 de abril de 2014

    Fiquei deficiente auditivo. Eu posso dar entrada por invalides? Tenho 18 anos de contribuição. Continuo trabalhando mesmo com o aparelho. Tenho dificuldade.

  2. lucas
    1 de abril de 2014

    Oi… sofri um acidente de moto a 3 anos, atrofiei os dois dedos mindinhos e o punho direito também ficou atrofiado perdendo um pouco do movimento, foi constado invalides… mas ainda estou trabalhando, será que eu posso me aposentar? Como faço se eu puder?

  3. ana maria c. silva
    29 de março de 2014

    Sou professora e em março de 2013 ao vir da capacitação de professores sofri um acidente automobilístico, o pneu da moto estourou, tive q fazer uma cirurgia no punho direito onde foi colocado uma placa e 5 pinos, perdi o movimento do mesmo. Fui remanejada para secretaria de uma escola. Posso fazer concurso estadual como professora portadora de deficiência?

  4. Ana Paola Alberti
    29 de março de 2014

    Boa Tarde, gostaria de saber se tenho direito a algum benefício devido a um acidente sofrido em 14/08/2001, fui atropelada ficando com sequelas e dificuldades em trabalhar devido a dores e as múltiplas fraturas no fêmur, no cotovelo direito, no ombro esquerdo, se puder me informar de como proceder, para eu saber se tenho algum direito com o INSS ou com o seguro DPVAT, desde já agradeço, aguardo resposta, obrigado.

  5. Alex Tosta
    28 de março de 2014

    Olá Gostaria de uma informação, pois tenho uma deficiência no pé direito, aonde o mesmo é mais pequeno e torto do que o esquerdo que é normal, e ultimamente, tenho sentido muitas dores no pé e na coluna, mais eu tenho 37 anos e já estou sentindo essas dores, provavelmente por causa do pé que é menor e torto, pois aonde não tenho equilíbrio, somente no esquerdo, então gostaria de saber se tenho direito de me aposentar mais cedo, e se tenho alguns direitos, pois acho necessário, pq não estou aguentando muito tempo em pé, por favor esclarecer minhas duvidas ? desde já agradeço!
    Ats,
    Alex Tosta

  6. Jaciara Silva
    21 de março de 2014

    Caro vereador esqueci de lhe informar a idade do meu filho ele tem 4 anos sou trabalhadora rural mas no momento não estou trabalhando porque tenho uma filha com menos de 1 ano é sobre a mão esquerda dele ter 3 dedos e o braço ficar curto espero respostas sua obrigada?

  7. Rosangela Berger Xavier
    19 de março de 2014

    Gostaria de uma informação sou funcionaria do município de São José/SC, tenho uma deficiência luxação crônica bilateral dos quadris, tenho duvida qual e o grau dessa deficiência ela e considerada como grave, moderada ou leve. Eu gostaria muito de saber qual e sua opinião? Vou fazer no dia 03/04/2014 28 anos de contribuição. Espero sua resposta em breve, agradeço muito um abraço.

  8. Cristina
    19 de março de 2014

    Uma pessoa com diagnosticada com perda auditiva de um lado, ela pode dar entrada em algum beneficio, independentemente do tempo de contribuição, se o problema estiver afetando o desenvolvimento do trabalho, tipo atendimento ao publico, orientação, entre outras. Fico muito grata pela sua resposta.

  9. Elcio Antonio Mazur
    18 de março de 2014

    Minha esposa sofreu um acidente de moto em 2007 e trabalha em uma panificadora a 02 anos como auxiliar de limpeza, só que ultimamente está doendo muito, pois ela tem uma haste e pinos na perna e trabalha com muita dor todos os dias, e no final do expediente a perna dela fica muito inchada, qual seria o procedimento sendo que ultimamente trabalha até chorando de dor
    desde já agradeço
    abraços

  10. Alessandra
    17 de março de 2014

    Boa noite. Bom a minha dúvida é: Minha mãe é deficiente auditiva e acaba que depende muito de outra pessoa para acompanha-la a todos os lugares. Eu gostaria de saber se ela tem direito em receber aquela diferença de 25%. E como posso fazer para fazer este pedido.

  11. Hudson Faier
    10 de março de 2014

    Dr. Leonardo, tenho uma cirurgia no quadril, lado direito a mais de 35 anos. Esta cirurgia me deixou com a perna direita mais curta uns 4cm ou mais e também minha perna é mais fina. Tenho 26 anos de contribuição. No laudo o médico classificou-me com T93.3.
    Terei direito à aposentadoria grave, moderada ou leve?
    Na sua opinião está correto o laudo que o médico me forneceu?
    Um abraço, aguardo resposta.

  12. carmo donizetti martins
    10 de março de 2014

    Queria saber se eu tenho direito a uma indenização da firma onde eu trabalho por ser uma doença ocupacional.

  13. carmo donizetti martins
    10 de março de 2014

    Meu nome é Carmo possuo uma deficiência congênita de superação do anti braço direito e evoluiu c ruptura espontânea do tendão externo longo do polegar direito fui submetido a uma transferência tendiniar:o extensor próprio do 2 segundo para o extensor longo do polegar houve sucesso na cirurgia porem para evitar ruptura deve se evitar atividades com carga na mão direita .porem devido a cirurgia ñ consigo desenvolver o movimento da mão como antigamente para poder abrir o dedo dependo do auxilio do outro dedo,mesmo assim com muita dificuldade
    desde de já obrigado pela atenção…espero sua resposta o mais breve possível

  14. Edna Lúcia Alves dos Santos
    6 de março de 2014

    Quero saber se tenho direito o auxilio acidente amputei uma perna do joelho abaixo, foi erro médico?

  15. jaelson tavares da silva
    4 de março de 2014

    Ola, sou deficiente físico com paralisia infantil nas duas pernas desde criança, tenho leve dificuldade para andar. Desde os meus 16 anos venho tentando me aposentar pelo INSS já dei entrada 8 vezes e todas vieram negadas, hoje tenho 26 anos e não sei o que seria de mim se não fosse minha família! Gostaria de saber se tenho direito a essa aposentadoria?

  16. cassia regina de souza
    23 de fevereiro de 2014

    Deputado, tenho 51 anos e 25 de contribuição. Sou servidor publico municipal. Estou com moderada escoliose e esporão no pé e desgaste no joelho. Posso pedir a aposentadoria?

  17. HELIO LEONI SANTANA
    20 de fevereiro de 2014

    tenho 36 anos de contribuicao e 55 anos de idade.1- desde 2011, tenho
    1- sindrome do tunel carpeano, comprometimento sensitivo-motor,axonal e mielinico, de nervo mediano,de forma leve a moderada do lado direito e de forma moderada a severa do lado esquerdo, 2- neuropatia uinar motora, do tipi axonal, de forma leve a moderada, do lado direito. 3- radiculopatia ventral de fibras que se originam pricipalmente em c8 e t1,bilateramente. 4- bursite subaromial-subdeltodea, tendinose do supra e infraespinhosos e subescapular, derrame em corredeira biciptal.
    5- bursite subacromial-subdeltodide- tendinpse do supraespinhoso e subescapular.
    6- epicondilite lateral e medial,
    entesopatia do tendao do triceps braquial.
    7- epicondilite lateral, entesopatia do tendao do triceps braquial.
    8- tenossinovite dos flexores,e cisto sinovial.
    8- tenossinovite dos flexores e extensores ( 4 tunel ) e cisto sinoval. ok, muito grato.

  18. Reginaldo eloy
    18 de fevereiro de 2014

    boa tarde fiz três cirurgia por deslocamento de retina.agora quando fui fazer o ultrassom do olho foi constatado que .não tinha mais jeito deu descolamento total e fiquei cego do meu olho esquerdo ,passei pela pericia médica e o médico perito me deu só mais um dia,o que fazer pois eu estou sentindo dores no olho operado,e a firma onde trabalho não quer me aceitar.

  19. EMILY
    17 de fevereiro de 2014

    Boa noite! Entrei na secretaria em junho de 2005 e no ano de 2012 fui diagnosticada como visao monocular. No inicio do ano recebi da minha medica um atestado com laudo medico e recomendando readaptação visto que o diabetes tem prejudicado e muito minha visao ja tao comprometida. O que devo fazer? Posso ser readaptada na escola onde trabalho?

  20. Meirelles
    17 de fevereiro de 2014

    Meu sogro é cego de uma vista e já está com seus 53 anos e tem diabetes. Será que ele pode se aposentar por invalidez?

  21. Arlete A S Brito
    11 de fevereiro de 2014

    Deputado, boa tarde, estou em auxílio doenças desde 26/6/13, após duas cirurgias na coluna lombar e cervical, com 18 parafusos no total, tenho sequela de poliomielite. Se efetuar agendamento para verificar se tenho direito a aposentadoria especial e esta sendo enquanto for analisada permaneço recebendo o auxílio doença até a data que me foi concedido 30/6/14. Aguardo contato. Arlete

  22. LINEA YAMMINE
    7 de fevereiro de 2014

    Boa noite,
    Tenho sequela de poliomielite CID B91: F45.9 R56.8,
    Tenho 51 anos e 15 anos de contribuição, será que posso solicitar aposentadoria? Grata.

  23. isaias amaro
    7 de fevereiro de 2014

    Tenho 30 anos de contribuição junto ao INSS, 56 anos e em 2006 fiz uma cirurgia da coluna lombar onde foi colocado 4 parafusos e dois articuladores, hoje estou fazendo tratamento para coluna cervical onde 5 discos já estão comprometidos, continuo trabalhando na área contábil, tenho direito e reivindicar minha aposentadoria.

  24. Israel de Souza
    5 de fevereiro de 2014

    Ola ,boa noite, eu 46 anos e tive um problema na coluna lombar acabei operando e coloquei 6 pinos e 2 placas, gostária de saber se eu tenho direito.
    obrigado pala atenção.

  25. FERNANDO ANDRADE
    28 de janeiro de 2014

    Boa tarde,
    Sou habilitado na categoria D e estou com dificuldade para dirigir, tenho glaucoma nas duas visões, numa delas já não consigo enxergar, mas com a outra tudo bem. Posso me aposentar por esse problema? Obrigado.

  26. DIVANETE AP.ZANUTO
    28 de janeiro de 2014

    A quinze anos sofri um acidente e perdi a mão esquerda, tenho dezenove anos de contribuição, no braço direito tenho tendinite. Esta deficiência é grave ou moderada?

  27. cledioval farias
    27 de janeiro de 2014

    Ola, gostaria de saber se eu tenho direito a aposentadoria,pois quando criança sofri um acidente e pedir a visão do olho esquerdo e só enxergo 20/20 no olho direito e assim é minha duvida?tenho direito a aposentadoria?

  28. Márcio Santos
    10 de dezembro de 2013

    Tenho 46 anos,20 anos de contribuição INSS. Sou deficiente físico por Talidomida, Gostaria de saber quando posso requerer aposentadoria?

  29. marco bastos
    7 de dezembro de 2013

    Sou funcionário publico municipal sendo que prestei concurso para deficiente físico e há um ano dei entrada na pensão por morte da minha mãe por ela ter deixado uma declaração publica em cartório que eu era dependente dela e eu ainda não tinha prestado concurso, depois de cinco anos ela veio a falecer, então dei entrada no INSS e disseram que eu não tinha qualidade de dependente, dei entrada na câmara e me disseram que eu não tenho direito porque não consideram a lesão do plexo braquial como deficiência. O que eu devo fazer Sr.Mattos?

  30. shirley
    7 de dezembro de 2013

    Oi Leonardo, será q agora vou conseguir mim aposentar? Tenho deficiência auditiva bilateral e sou de auxilio doença há 2 anos por calcificação nos ombros, hérnia de disco e abaulamentos na coluna ,bico de papagaio, faço tratamento psiquiátrico tomo rivotril, não consigo demorar em pé e nem sentada de mais, sofro com muitas dores. Me ajude a esclarecer as duvidas como devo fazer se tenho direitos e o q devo pedir a medica de audição para eu dar entrada no INSS com o pedido? Tenho 41 anos e 20 de contribuição. Abraço.

  31. valerio pinto lopes
    6 de dezembro de 2013

    >Sr Deputado parabéns pelo projeto aprovado, o governo jamais perdera com isto, pois e mais dinheiro liberado através das aposentadorias, e mais consumo, e com isso mais contratações e mais contribuições ao INSS pelas empresas e assim por diante, uma questão de matemática e assim todos saem ganhando e felizes. Valerio

  32. Reinaldo Elias
    6 de dezembro de 2013

    Olá Sr, Mattos, bom queria saber, em 2007 eu tive um grave acidente e tive uma lesão no plexo braquial, tendo assim uma paralisia completa no braço direito, fiquem ate 2010 no auxilio doença, aceitei a reabilitação, trabalhei um ano e oito meses depois, mais não consegui mais trabalhar, minhas dores eram muitos constantes, hj estou de novo no auxilio doença, minhas pericias foram negadas sendo que minha lesão foi constatada pelo meu medico como definitiva, meu braço ñ tem nem um movimento, ou seja não tenho braço direito, porque eu ñ sou aposentado ate hj, quem pode me ajudar nesse caso, eu estou passando por dificuldades imensas, por favor, quem pode me explica sobre isso
    obrigado
    abraço

  33. jair jose gomes
    1 de dezembro de 2013

    obrigado deputado leonardo ainda existe politicos serios que faz pelo que recebeu do povo jesus te ama

  34. EDIVACI BATISTA
    30 de novembro de 2013

    Sofri um acidente quando eu tinha 11 anos e fiquei sem um dos membros superiores, hoje estou com 46 anos, nunca consegui me aposentar. Tenho algum direito?

  35. domingos
    29 de novembro de 2013

    Olá Leonardo, sofri um acidente 4 anos atrás e fraturei o ombro, coloquei 2 pinos recebi dpvat fui encostado 6 meses, só q agora meu ombro tá doendo e meu braço somente não to dando conta de trabalhar eu tenho algum direito?

  36. José Alberto da silva
    26 de novembro de 2013

    Ola Leonardo sou o José Alberto sou deficiente físico e cardíaco tenho 04 dedos da mão direita amputado fui ao INSS, mas não saiu a regulamentação da lei 142. Você tem previsão da regulamentação? Fico aguardando desde já obrigado.

  37. wilson de oliveira
    26 de novembro de 2013

    Gostaria de saber se alguns dos problemas que infelizmente tenho se enquadram com deficiência e qual delas se enquadra na Lei 142. Tenho 26 anos de contribuição e há 15 anos tenho tendinite e hérnia de disco coluna cervical e lombar e só estão se agravando e venho fazendo fisioterapia e tomando injeções de infiltração, quadro atual Tendinite bicipital inflamatória e espondilolestese e cervical hérnia de discos em todos os níveis e esta pressionando a medula.

  38. rute
    18 de novembro de 2013

    Ando de muletas. Perdi uma visão. Só enxergo com um olho e só estou no beneficio. Eu queria saber se eu posso me aposentar. Vivo em aluguel e tomo 6 quantidades de remédios controlados e ainda não me aposentei sou beneficiaria do INSS.

  39. marcos aurélio
    18 de novembro de 2013

    Sou deficiente auditivo com implante croquear tenho 25 anos de contribuição e 43 anos. Tenho direito a aposentadoria?

  40. Alessandro Bede
    12 de novembro de 2013

    Tenho 37 anos e aos 12, sofri um acidente de trabalho, recebo um auxilio do INSS que vitalício porem vergonhoso, de 40% de um salário mínimo, esse acidente resultou na amputação da mão e ante braço esquerdo, é considerada uma deficiência grave? Tenho 20 anos de contribuição.

  41. Tania da Costa Araujo de Oliveira
    12 de novembro de 2013

    Com 1 ano e 9 meses tive paralisia infantil na perna direita. Passei em concurso público em 1984. Tenho 29 anos de serviço. Passei por perícia médica que me concederam 3 meses de horário especial. Os médicos me orientaram que eu solicitasse enquadramento como deficiente físico no serviço público. Pesquisei na internet e vi que tenho que ter 4,0 cm de encurtamento para ser considerado deficiente físico? Gostaria de esclarecimento, pois dependendo da resposta não vou solicitar enquadramento como deficiente físico no serviço público federal, pois não tenho 4,0 cm de encurtamento e sim 2,8 cm.

  42. Alexandre Abade
    11 de novembro de 2013

    Meu irmão quando tinha 11 anos sofreu um acidente, uma trave de futebol cai sobre a sua perna e ela teve de ser amputada. Gostaria de saber 1º se ele teria direito a uma indenização por parte da prefeitura, pois a mesma estava danificada e 2º se ele tem direito a uma aposentadoria! Desde Já muito grato.

  43. Jair
    10 de novembro de 2013

    Perdi um dedo em acidente e o movimento do outro. Posso pedir a aposentadoria especial? Faço parte dos deficientes da empresa desde 1990.

  44. eliane braga casanova
    26 de outubro de 2013

    Oi fiz uma cirurgia de hérnia de disco a dois anos e uso uma prótese de platina na coluna cervical na c:5 e c;6. Sinto muitas dores, gostaria de saber se tenho direito a aposentadoria, pois tenho 51 anos de idade e estou de beneficio. Vou fazer pericia médica.

  45. lucelia rosa
    24 de outubro de 2013

    Tenho 35 anos, tenho osteomielite crônica desde os 8 anos de idade, fiz varias cirurgias, não consigo ficar muito tempo em pé nem sentada, sinto câimbras varias vezes ao dia, gostaria de saber se consigo me aposentar ou requerer algum auxilio.

  46. patricia abreu
    22 de outubro de 2013

    Minha filha tem 8 anos e nasceu sem o braço esquerdo, por ela ser criança ela tem direito a aposentadoria?

  47. Lúcia Silva
    21 de outubro de 2013

    Tenho um amigo que teve uma paralisia infantil e tem que fazer uso de muletas para se locomover pelo resto de sua vida. Ele tem 54 anos, é professor do estado e já tem 29 anos de contribuição. Como ficaria o caso dele? Abraços.

  48. Roberto
    20 de outubro de 2013

    Tenho uma dificuldade enorme de audição, ja esta de moderado pra severa e ja tenho 32 anos de contribuição do INSS, gostaria de saber se ja tenho o direito de me aposentar e quero Parabenizar o Deputado, aguardo uma resposta. obrigado.

  49. Everaldo Silva
    16 de outubro de 2013

    Olá sou deficiente físico, tenho problemas nas pernas, no quadril e deficiência na mão direita, trabalhei 19 anos e contribui com o INSS, tenho direto a aposentadoria, pois não aguento mais trabalhar, o que devo fazer?

  50. Elisangela Israel
    9 de outubro de 2013

    Boa noite, fiz uma cirurgia de coluna cervical coloquei prótese de titânio e também estou com problemas na coluna lombar. Sinto dores fortíssimas na lombar e na cervical, tenho dificuldades de andar, dormências nos braços, não consigo ficar muito tempo em pé e nem sentado, a melhor posição é deitada.Tenho 16 anos de contribuição e 3 anos em benefício pelo INSS, será que consigo me aposentar? Tenho 44 anos de idade.

  51. Maria Lucia
    8 de outubro de 2013

    Vivemos no país da indignação, onde aposentadoria especial mesmo é só para os políticos. Aprovem a aposentadoria especial para servidores públicos deficientes com salário integral e paridade, senão o que ganhamos por precisar aposentar mais cedo. E mais… considerem o mesmo níveis de grau de deficiência que consideraram para deficientes que se aposentam pelo INSS, pois temos a mesma dificuldade e direito independente se contribuímos com Inss ou somo servidores públicos.

    Espero que de fato aprovem uma Lei coerente e justa.

  52. Poliana
    8 de outubro de 2013

    Bom dia,tenho 29 anos e sofri um acidente há 2 anos atrás e tive que fazer uma cirurgia de Artrodese no Tornozelo que fixou meus ossos do tornozelo não movimentando mais meu pé, o que caracteriza uma deficiência. Estou encostada no INSS desde então. Me encaixo na aposentadoria por invalidez Especial?Obrigada.

  53. geraldo mata da silva
    2 de outubro de 2013

    Tenho 4 hérnia de disco 2 lomba e 2 cervical si estou sem trabalhar. Sinto pequenas dores, mas quando estou trabalhado as dores são intensas e eu não posso ir adiante. Chego até a fica invadido. Minha esposa que me da banho, me vira na cama. Já fui um home trabalhador e hoje com 41 anos e quatro filhos menores não posso fazer nada por eles. Quero saber si eu tenho direito de me aposentar. E como faço par isso? Por favor me ajude.

  54. Cristiane
    30 de setembro de 2013

    Copiei a mgs abaixo visto que indignação do colega me contagiou, pois eu contrai pólio na final do ano de 1968, minha diferença encontra-se neste 05 cm, tenho mais ou menos 28 anos de contribuição, pois trabalho desde os 18 anos, e aos 23 anos entrei para o serviço público Estadual, quando poderei me aposentar, visto que além da pólio, hoje, tenho síndrome do túnel do carpo, tendinite, etc…
    (Enviado em 05/07/2013 as 17:39
    Ola pessoal,
    já me declarei contrario ao projeto de origem a lei 142/13, vejo que em nada beneficiou as pessoas com sequelas de pólio, principalmente quem teve pólio na década de 80. As pessoas com deficiência desta época não têm as políticas de inclusão que temos hoje, alias o que tinham para a época era discriminação e desprezo.
    Quanto iniciamos no mercado de trabalho a recessão política e social e economia era infernal, nem se compara com a de hoje, com isso depois de romper muitas barreiras conseguimos entrar no mercado formal muito tarde, pode ver a grande maioria dos portadores da década de oitenta tem idade avançada e pouco tempo de contribuição, talvez quem tem bastante tempo de contribuição foi por maior oportunidade em função talvez da boa classe social que pertencia, por maior poder econômico ou por facilidades urbanas, condições essas bem diferente de muitas pessoas com deficiências.
    Veja meu caso que acredito que seja de muitos, tenho 44 anos de idade e 18 anos de contribuição. Caso a o LC 142/13 não tivesse sido aprovada e o PLS 250/05 também não seja aprovado eu aposentadoria com 25 anos de contribuição, independente do grau de deficiência e sexo. Mas com essa dois projeto, bem como da possível pericia para atestar o grau de deficiência tenho quase certeza que o INSS vai declara a grande maios com portadores com grau leve, sendo assim terei contribuir até os 33 anos, nesta fase estarei com 49 anos de idade sendo assim qual é o beneficio destas duas leis?
    Veja outra injustiça, VOCÊS SABIAM QUE TRAMITAM EM REGIME DE URGÊNCIA UM PL PARA APOSENTADORIA ESPECIAL PARA GARÇONS E OUTRAS PROFISSÕES SIMILARES PARA APOSENTADORIA COM 30 ANOS DE CONTRIBUIÇÃO SE HOMEM E 25 ANOS SE MULHERES? Veja não sou contra os garçons acredito que justo, pois é uma profissão com muito sofrimento. Veja que as pessoas com deficiência classificadas com grau moderado e leve não tiveram a opção de não pega a pólio, veja garçons não sofrem com a mesma discriminação que as pessoas com deficiência.

  55. ISABEL LOPES
    29 de setembro de 2013

    Por favor,
    minha duvida e tenho 41 anos de idade e 19 anos de contribuição. Minha deficiência é amputação da mão esquerda. Gostaria de saber qual seria meu grau de deficiência e se ao completar os 20 anos de contribuição posso tentar a aposentadoria, uma vez que estou afastada pelo INSS por acidente de trabalho (TENDINITE) NO BRAÇO DIREITO POR ESFORÇO.
    Agradeço sua atenção e desejo uma boa semana para todos.

  56. EDSON JOSE ROSSI
    18 de setembro de 2013

    Olá eu perdi a visão do meu olho direito em um acidente de carro há 23 anos, só enxergo com o esquerdo ainda com óculos, qual seria o meu grau.
    Obrigado.

  57. JOÃO
    18 de setembro de 2013

    Bom dia Leonardo, meu nome é João e tenho 48 anos de idade, 28 de trabalho com carteira assinada. Sou deficiente, braço direito amputado e gostaria de saber se já posso dar entrada na aposentadoria ou quando tenho direito. (obrigado)

  58. Damasio Vogado
    16 de setembro de 2013

    Sou Servidor Público Federal, ao longo do desenho da minha função em aeroporto, desde 1980 até 2012,atuei como agente fiscalizador nos aeroportos, exposto sempre a diferente ruído de turbina de avião,por consequência do ruídos sofri 70% de perda auditiva do dois lado ouvido,neste caso me enquadro na aposentadoria por invalidez..

  59. José Alberto da silva
    7 de setembro de 2013

    Ola Leonardo eu perdi 4 dedos da mão direita, e sou cardíaco. Fiz ponte mamaria. Gostaria de saber qual seria o meu grau de deficiência leve, moderado, ou grave. Se souber me informe, por favor obrigado.

  60. obrigada pela atenção||||||||||||||
    29 de agosto de 2013

    Oi boa noite, eu sou surda definitiva do ouvido direito, e do direito 30%. Eu trabalho em uma padaria de balconista. Pra eu ver quem esta me chamando eu tenho que estar muita ativa. Por favo eu tenho alguns direitos? Quais são eles? Obrigada.

  61. boa noite c
    23 de agosto de 2013

    Meu nome e Lucas eu sofri um acidente e perdi a perna do lado esquerdo. Perdi um órgão interno. Eu queria saber,se eu tenho direito a um beneficio.

  62. Maria Aparecida Silva Brito
    23 de agosto de 2013

    Ola estou aqui para fazer um apelo ao meu irmão Raimundo Marcelino de Brito. Ele é deficiente físico a mais de 20 anos e até agora não conseguiu se aposentar. Tem problemas na coluna além da deficiência na perna. É muito doente e não tem um trabalho fixo, faz bico de pedreiro. Com todos os problemas ta ficando difícil, eu não tenho condições de ajuda-lo, pois também não tenho um trabalho.
    Peço pelo amor de Deus ajuda tanto na parte da saúde como financeira. Sofro por ver ele sofrer. Por favor ajudem nos obrigada.

  63. REGINA PAULINO
    21 de agosto de 2013

    OI SOU REGINA TENHO UMA DEFICIENCIA NAS PERNAS A MINHA PERNA DIREITA E MAS CURTA DA ESQUERDA 5CM HOJE ESTOU TENDO MUITA DIFICULDADE E ANDAR QUERO SABER SE TENHO DIREITO DE ME APOSENTAR TENHO SO 1 ANO DE CONTRIBUIÇAO E COMO DEVO PEDIR PARA O MEDICO ME PROVAR COMO DEFICIENTE TENHO 45 ANOS . OBRIGADO MINHA DEFICIENCIA E DE NASCENÇA .

  64. joão maria duarte bezerra
    21 de agosto de 2013

    Tenho poliomielite desde 3 anos de idade ,mas sempre trabalhei sem ser como deficiente ,pois se eu mostra-se minha deficiência eu não trabalharia ,mas hoje aos 48 anos estou passando por muito dificuldade ,pois por ser uma deficiência do membro inferior estou cadê vez mais sentindo dificuldade de locomover ,sou motorista e gostaria de saber se tenho direito há esse benefícios ,pois tenho 29 anos de contribuição,tenho cartão de passe livre do governo federal e outros direito que hoje governo dar ? Pra mim só falta esse direitos , estou trabalhando empresa privada ,mas tenho certeza que se eu sair dessa ,não consigo trabalhar mas em minha profissão motorista . Aguardo resposta .

  65. Maria L-ucia de Sousa
    18 de agosto de 2013

    Sofri um acidente e tive traumatismo crânio encefálico severo conforme atestado médico.Tenho sequelas físicas e neurológicas. Tenho 54 anos e 21 anos de serviço público federal. (Professora UFC).

  66. MARTA
    17 de agosto de 2013

    Sou professora há 20 anos (Prefeitura Municipal), Deficiente física. Gostaria de saber se terei direito a referida aposentadoria (citada no projeto de lei nº 142/13), sendo que professor tem já direito a aposentadoria especial 25 anos de serviço e 50 anos( idade mínima p/mulheres).

  67. claudemir
    17 de agosto de 2013

    Ola bom dia, eu perdi minha perna direita trabalhando.
    Gostaria de saber como me aposentar já que eu era motorista de ambulância, grato fique com Deus.

  68. mauricio t. machado
    14 de agosto de 2013

    Sou deficiente desde o nascimento por causa do medicamento talidomida, não tenho os dedos da mão esquerda ( indicador,médio,anular e mínimo)e já tenho 31anos de contribuição tenho 51 anos de idade já posso me aposentar…

  69. jonatha costa da silva
    13 de agosto de 2013

    Olá boa tarde!
    Tenho uma mãe com uma deficiência na perna direita e faz uso de muletas para se locomover, informo que ela também nunca trabalhou. O Sr poderia me informar se ela tem algum direito do governo? Desde já agradeço pela atenção e que deus te abençoe !!!

  70. valdir
    2 de agosto de 2013

    Estamos com você Leonardo ajude a todos nos a essa conquista eu perdi a minha perna e sou eletricista agora não poso mais exercer esta função ajude a todos obrigado.

  71. karina
    30 de julho de 2013

    Oi tenho um irmão especial já nasceu assim e ele não tem condições de trabalhar. É dependente dos meus pais. Ele pode se aposentar. Obrigado e aguardo resposta.

  72. hilda gonçalves
    29 de julho de 2013

    Tenho 52 anos de idade, sou portadora de deficiência física (paralisia infantil no membro superior direito). Fui ao INSS fazer contagem para me aposentar e eles me disseram que ainda falta 1 ano e 9 meses para me aposentar, tenho 28 anos e um mês contribuido, gostaria de saber porque.

  73. Vera
    29 de julho de 2013

    Tenho 18 anos e sofro de traumatismo craniano grave desde os meus 6 anos. Tive que abrir mão de alguns deveres, nesse estado não tenho condições de trabalhar, conseguiria então me aposentar?

  74. Alex Nunes dos Santos
    26 de julho de 2013

    Oi eu tenho 39 anos, tenho poliomielite nas duas pernas,tenho 10 anos de contribuição. Não aguento mais trabalhar. Eu tenho direito a aposentadoria? Obrigado Alex.

  75. marcos antonio da dilva
    26 de julho de 2013

    Tenho 43 anos e tive um acidente de trabalho a dois anos atrás estou de beneficio, mas fiquei com sequelas no ombro esquerdo com muito pouco movimento. Gostaria de saber se tenho direito de me aposenta meu trabalho e braçal. Desde já agradeço.

  76. eduardo de freitas rego
    26 de julho de 2013

    Gostaria de saber duas coisas – Eu sou do rio grande do Norte tenho uma das pernas amputada ate em cima. Eu só tenho um amparo social e sem desimo e pago pensão alimentícia e tenho depressão. Tomo muitos remédios. Eu tenho direito esta aposentadoria?

  77. waldecir
    25 de julho de 2013

    Tive paralisia infantil aos 2 anos afetou as duas pernas e o braço direito contribuo com a previdência a 24 anos será que tenho o direito de aposentar com 25 anos de contribuição hoje eu tenho 49 anos. Obrigado pela atenção.

  78. Galdino
    24 de julho de 2013

    Oi,
    Bom dia,
    Gostaria de saber se tenho direito a Aposentadoria ou algum Beneficio, pois tenho deficiência Auditiva de Grau Moderado/Severo na OD, e Grau Leve/Moderado na OE para faixa de 2-6 KHz. Tenho 55 Anos e sentindo muita dificuldade para me comunicar.
    Muito Agradecido.

  79. Marcelo
    16 de julho de 2013

    Oi tenho psoríase e artrite como faço pra saber sobre aposentadoria ou algum beneficio do INSS.

  80. VALDECI GOMES DA SILVA
    14 de julho de 2013

    Sofri paralisia infantil aos 2 anos de idades. Tenho 23 anos de contribuição. Tenho deficiência na perna direita, para me locomover uso 2 Muletas.
    Gostaria de saber em que grau de deficiência me encaixo: grave, moderada ou leve?
    Aguardo resposta…

  81. valdir
    11 de julho de 2013

    Olha temos que aprova isso o mais rápido possível porque perdi a perna direita e ficar sem aposentar é muito constrangedor para nós deficientes… obrigado

  82. Telma Vilela
    9 de julho de 2013

    Tenho 50 anos. Há 49 convivo com sequela de poliomielite (atrofia ME) e encurtamento dos membros. Trabalho desde 1983. Enfim, qual o grau dessa deficiência? Obrigada.

  83. maria gracielia de sousa rodrigues
    8 de julho de 2013

    Trabalho e tenho paralisia infantil desde um ano de idade na perna esquerda e já faz três anos que quebrei a mesma perna sinto muitas dificuldade para trabalhar e só que o meu setor tem que subir escadas, não estou mais aguentando, gostaria de saber como fazer para mim aposentar..

  84. Paulo Marcelo de Sousa
    7 de julho de 2013

    Tenho 18 anos de contribuição do INSS,estou com 45 anos de idade, apresento hipoacusia neurossensorial bilateral de grau severo.
    Gostaria de saber se tenho direito a aposentadoria ou auxilio doença.

  85. elias menezes
    5 de julho de 2013

    Enviado em 05/07/2013 as 17:39
    Ola pessoal,
    já me declarei contrario ao projeto de origem a lei 142/13, vejo que em nada beneficiou as pessoas com sequelas de pólio, principalmente quem teve pólio na década de 80. As pessoas com deficiência desta época não têm as políticas de inclusão que temos hoje, alias o que tinham para a época era discriminação e desprezo.
    Quanto iniciamos no mercado de trabalho a recessão política e social e economia era infernal, nem se compara com a de hoje, com isso depois de romper muitas barreiras conseguimos entrar no mercado formal muito tarde, pode ver a grande maioria dos portadores da década de oitenta tem idade avançada e pouco tempo de contribuição, talvez quem tem bastante tempo de contribuição foi por maior oportunidade em função talvez da boa classe social que pertencia, por maior poder econômico ou por facilidades urbanas, condições essas bem diferente de muitas pessoas com deficiências.
    Veja meu caso que acredito que seja de muitos, tenho 44 anos de idade e 18 anos de contribuição. Caso a o LC 142/13 não tivesse sido aprovada e o PLS 250/05 também não seja aprovado eu aposentadoria com 25 anos de contribuição, independente do grau de deficiência e sexo. Mas com essa dois projeto, bem como da possível pericia para atestar o grau de deficiência tenho quase certeza que o INSS vai declara a grande maios com portadores com grau leve, sendo assim terei contribuir até os 33 anos, nesta fase estarei com 49 anos de idade sendo assim qual é o beneficio destas duas leis?
    Veja outra injustiça, VOCÊS SABIAM QUE TRAMITAM EM REGIME DE URGÊNCIA UM PL PARA APOSENTADORIA ESPECIAL PARA GARÇONS E OUTRAS PROFISSÕES SIMILARES PARA APOSENTADORIA COM 30 ANOS DE CONTRIBUIÇÃO SE HOMEM E 25 ANOS SE MULHERES? Veja não sou contra os garçons acredito que justo, pois é uma profissão com muito sofrimento. Veja que as pessoas com deficiência classificadas com grau moderado e leve não tiveram a opção de não pega a pólio, veja garçons não sofrem com a mesma discriminação que as pessoas com deficiência.

  86. Leandra Costa Teixeira Pereira
    4 de julho de 2013

    Sou professora da rede publica e deficiente visual e auditivo, meu médico pediu redução de carga horária isso dificultará minha aposentadoria?

  87. nilson das neves
    4 de julho de 2013

    Tenho 55 anos, há 3 anos perdi todas a minha audição. Tenho algum direito pelo o INSS? Meu tempo de contribuição é de 21 anos. Muito obrigado.

  88. daniel
    3 de julho de 2013

    Tenho um cunhado que é deficiente físico de nascença. Seu pai morreu e passou a pensão para a mãe. Se ela morrer ele tem direito sobre esta pensão? Se não, que outro benefício ele poderia obter?

  89. Pedro Sergio
    3 de julho de 2013

    Enviado em 03/07/2013 as 7:20
    Tenho 23 anos de contribuição e sofri acidente, a pericia condenou a minha mãe em 60%… tenho direito a aposentadoria ou auxilio doença..Estou encostado ainda, pois trabalho com vendas externas e dirijo….gostaria de uma orientação.
    Tenho todos os Laudos e terei que fazer cirurgia novamente, pois minha mão dói muito por causa de todos os Pinos e Platina que foi colocada… detalhe cicatrizou mais meu punho ficou torto….
    Obrigado

  90. maria zeilza
    2 de julho de 2013

    Tenho deficiência em dois dedos da mão esquerda. Sou dona de casa.
    Tenho direito ao benefício por invalides? Tenho 49 anos. Obrigado.

  91. Webert Cristiano
    27 de junho de 2013

    Boa Tarde, um parente meu sofreu um acidente e perdeu a visão de um dos olhos, sua atividade principal era a de taxista, estando este ainda com trombose, ele contribuiu até o ano de 1996, desde ai não contribui mais, era possível ele aposentar por invalidez? obrigado.

  92. joan de medeiros
    27 de junho de 2013

    Tenho mais ou menos vinte e cinco anos de contribuição. Trabalho com dor, tenho a perna direita 4.81 menor que a esqueça, tenho condropatia patelar grau 5 já tomei injeção, já fiz fisioterapia. Tenho psoríase, faço fototerapia sou hipertenso, tenho bico de papagaio e trabalho com dor. Nosso governo não quer me aposentar. Eu queria que Deus tivesse misericórdia de mim e me aposentasse.

  93. alexandra barros
    27 de junho de 2013

    Oi bom dia, gostaria de saber se tenho direito de receber aposentadoria, pois sou deficiente auditiva bilateral do gral severo em ambas orelhas 60 od 65 0 e a deficiência e permanente. tenho uma prótese no pé direito que dói muito quando eu trabalho, então pedi demissão dia 21 de junho. tenho direito algum beneficio? Me diz quais são. agr

  94. Katia Regina Rodrigues
    23 de junho de 2013

    Tenho deformidade no tórax e escoliose severa cervical e dorsal e lombar e lombardia, tenho 13 anos de contribuição taralháveis, como posso me aposentar, pois já tentei entrar por auxilio de doença e o INSS me negou, sofro muito com dores ,as vezes elas si iradia do fêmur até ao nervo cokis, me causando paralisia, e necessário,tomar injeção de voltarem e fazer fisioterapia para aliviar s dores, quero me aposenta com a nova aposentadoria integral..

  95. Elizeu
    23 de junho de 2013

    Tenho 27 anos de contribuição, estou a 5 anos de beneficio, sofri um acidente perdi o movimento do braço direito, eu enquadro na lei 142, ou aposento por invalidez.

  96. giliane
    20 de junho de 2013

    Tenho visão monocular e sou funcionária pública estatutária há 10 anos. Tenho direito a redução do tempo de serviço?

  97. PEDRO PAULO SCHREIBER
    19 de junho de 2013

    Gostaria de saber se a paralisia infantil irreversível é considera grave.

  98. carlos alberto de frança
    18 de junho de 2013

    Tenho 33 anos de contribuição e laudo INSS deficiente auditivo grau moderado a severo, pois posso dar entrada. Tenho 50 anos e estou com muitos problemas na coluna isso pode me ajudar no beneficio da aposentadoria??

  99. Célia
    11 de junho de 2013

    Boa Tarde! Eu tenho 46 anos e tenho uma Prótese em um braço em um acidente a 4 anos atrás, tanto que tenho carta de motorista especial, saberiam me dizer se eu me enquadro nessa lei Complementar nº 142 para aposentadoria especial, no momento eu tenho 28 anos de contribuição a previdência.

  100. marcia valeria
    10 de junho de 2013

    Bom dia!!!
    Trabalho sentada 9 hs p/ dia, durante a semana.
    Adquiri escoliose lombar.
    Contribuo a 27 anos.
    Posso requerer aposentadoria especial?

  101. MARIANA NUNES
    5 de junho de 2013

    TENHO DEFICIENCIA FISCA MÁ FORMAÇÃO NA COLUNA DESDE PEQUENA QUE SERIA UMA ESCOLIOSE LOMBA ,EU SEMPRE TRABALHEI QUERIA SABE SE PODE SE APOSENTA MAS CEDO E QUANDO TEMPO DE EMPRESA SERIA? MEU CID M40M41 AGUARDO SUA RESPOSTA.

  102. elizangela gomes ferreira
    4 de junho de 2013

    Uso aparelho auditivo nos dois ouvidos , fui na receita federal mas eles não souberam me informar se tenho direito a descontos na compra de um carro.

  103. jose humberto vilar
    3 de junho de 2013

    Por de causa de um acidente de trabalho pedir 80 por cento da minha vista direita. Tenho direito de aposentadoria?

  104. elisete da rosa leston
    2 de junho de 2013

    Sou funcionária pública estadual rs merendeira deficiente auditiva só escuto do ouvido direito com ajuda de aparelho auditivo minha deficiência e severa neurossencioral quando comecei a trabalhar no estado era normal um ano depois comecei a perder audição descobri que tenho um tumor no conduto interno no ouvido esquerdo tenho muito barulho e dores tenho mais de 14 anos de contribuição posso me aposentar ou pelo menos tem como diminuir a carga horária que são de 40 horas

  105. Edson Pinheiro
    2 de junho de 2013

    Sou deficiente auditivo (disacusia neurossensorial, grau severo, bilateral) conforme laudo médico, tenho 48 anos, 12 anos de contribuição, me encontro desempregado, gostaria de saber como fica a minha situação e o que devo fazer.

  106. Rosely Silva
    2 de junho de 2013

    Tenho poliomeite desde 1 ano, mas sempre trabalhei, sendo que hoje tenho 37 anos, e estou tendo dificuldades para trabalhar por motivos de dores muito fortes na coluna, ando com um apoio de uma bengala. posso esta inclusa a esta nona aposentadoria especial?
    Aguardo ,
    grata desde de já.

  107. Josemar Ramos Mota
    31 de maio de 2013

    Meu nome é; Josemar Ramos Mota, tenho uma deficiência física no braço direito, contribuinte do INSS á 12 anos como motorista de caminhão inflamável,na hipótese de aposentadoria especial,necessito contribuir por mais quantos anos? Aguardo resposta e obrigado por essa conquista que é de todos nós

  108. laelson de oliveira tavares
    30 de maio de 2013

    Parabéns a todos os deputados que trabalharam nesta causa nobre . Obrigado.

  109. laelson de oliveira tavares
    30 de maio de 2013

    É a primeira vez que entro neste site.

  110. laelson de oliveira tavares
    30 de maio de 2013

    Estou ansioso pela aprovação da lei.

  111. NELSON PEREIRA DOS SANTOS
    29 de maio de 2013

    Tenho 46 anos de idade e 28 anos de contribuição com o INSS. Sou vendedor de telepeças (telemarketing). Em dezembro passado sofri um acidente ao cair de um telhado, após sofrer um apagão. Cai de uma altura de mais ou menos 5 metros de altura. Sofri traumatismo moderado perdi a audição total do ouvido esquerdo e parcialmente do lado direito, fiquei com um barulho permanente de TV fora do ar na cabeça e labirite permanente. Tenho direito a aposentadoria por invalidez?
    abraços !!!

  112. shirley cristina de barros bezerra
    27 de maio de 2013

    Sou portadora de deficiência auditiva grave. Só escuto por um ouvido muito pouco e tenho artrite, artrose, com calcificação nos ombros e hérnias de discos na coluna, bico de papagaio no pescoço estou de beneficio ha 2 anos não consigo nem ficar em pé muito tempo nem sentado e tenho uns 20anos de contribuição no INSS como fica a minha situação por favor mim diga os meus direitos o q devo fazer. Obrigada aguardo respostas

  113. Carlos Rafael costa
    24 de maio de 2013

    Boa tarde!
    Perdi 100% do movimento do tornozelo. (artrodese)
    Gostaria de saber com quantos anos de contribuição tenho direito a me aposentar.grato

  114. Francy
    23 de maio de 2013

    Temos alguma posição quanto a nós servidores públicos?

  115. maria
    22 de maio de 2013

    Sou servidora pública há 16 anos, inicialmente como convocada e depois concursada, porém tenho anteriormente uns 8 anos de contribuição trabalhando em empresas privadas. Sou portadora de deficiência auditiva, tenho direito à aposentadoria especial?

  116. servidor público
    22 de maio de 2013

    Perdi o movimento da perna com grau de incapacidade de 45%.

  117. jair
    21 de maio de 2013

    Nasci com olho direito com afitose no gral mais forte onde não ha cirurgia e uso óculos para melhorar a visão no outro olho.eu tenho direito a aposentadoria especial para deficientes.

  118. Vagner A do Carmo
    21 de maio de 2013

    Boa tarde!Tenho 38 anos de idade,tive poliomielite aos 02 anos de idade na perna esquerda,tenho platinas no meu joelho ESQ.Sempre trabalhei,só que com carteira assinada a partir de 1997 até 2013.Eu já tenho o direito de uma aposentadoria especial também?E como eu conquisto esta vitória cem interferência dos perito do INSS de São Paulo.Muito Obrigado pela ajuda Deputado.

  119. paulo roberto soares
    20 de maio de 2013

    Tenho 62 anos e 27 anos de INSS pagos. Sou deficiente auditivo. Eu tenho direito de pedir a minha aposentadoria? Favor manda resposta pro meu gmail.

  120. Lindenalva Souza
    20 de maio de 2013

    Sou deficiente desde quando eu tinha 2 anos, a deficiência na perna direita paralisia infantil.
    E trabalho na Escola Miguel José Alves Canarana Bahia desde 1985. Já tenho 28 anos de trabalho. Já posso me aposentar com aposentadoria especial com 100% sem desconto.
    Beijos!!!!!!!!!

  121. rute alvesdos santos
    19 de maio de 2013

    Tenho vinte por cento de visão em único olho comprovado trabalho ha 25 anos, a lei chegou na hora.

  122. rute alvesdos santos
    19 de maio de 2013

    Sou baixa visão congênita trabalho como assistente social no Tribunal de Justiça.
    Estou feliz pela aprovação da lei.

  123. vanda castro
    17 de maio de 2013

    Tenho um irmão q teve paralisia infantil aos 02 anos de idade.
    Afetou o membro superior direito, gostaria de saber se o caso dele é leve ou moderado (função coordenador de almoxarifado de usina de álcool)

  124. jose Benedito Nunes
    16 de maio de 2013

    Aos meus 20 anos tive um acidente com fraturas expostas, fiquei 02 anos de lisarofe para reposição de 4cm de tibia, tenho laudo do medico do trabalho que possuo monopalisia e já tenha CNH de deficiente e estou no ministério do trabalho como deficiente.
    A minha perna esquerda e completamente desestrutura e muito atrofiada, sinto dores continuas e qualquer esforço a mais as dores aumenta muito.
    Consigo ter esse direito de aposentar com 25 anos de trabalho registrado

  125. alexandre moreira
    16 de maio de 2013

    Sou deficiente visual monocular a 2 anos e tenho 5 de contribuição e 29 anos de idade.consigo me aposentar em qual quadro.

  126. PAULO CESAR PORTES
    15 de maio de 2013

    Sou professor do ensino fundamental na rede municipal. deficiente visual – ambliope, desde menino, com comprovação, entrei no serviço publico nas vagas reservadas ao portador de deficiência, gostaria de saber se os servidores públicos municipais tem direito a aposentadoria especial deficiente, qual é a lei?

  127. edileuza
    15 de maio de 2013

    eu tenho perda auditiva nas 2 audição..e tb a perna direita quebradura no colo do femo não posso trabalhar tenho 55 anos..recebi 5 ano de auxilio o INSS mim tirou do beneficio…por favor mim ajudem o que faço. Obrigada pela atenção.

  128. wilson tavares brandão
    15 de maio de 2013

    Gostaria de saber,pfv, tenho 63 anos, e no serviço adquirir surdez total, é que trabalho com tratores maquinas pesadas. Pergunto tenho direito a aposentadoria??, Tenho mas 20 de carteira assinada. Me ajude, me dando orientação, se possível urgente, obg e um abraço.

  129. Rozivalldo
    14 de maio de 2013

    Sou portador do Cid T.92.1 depois de uma cirurgia no braço esquerdo que me deixou com limitação de movimento em 90º e sou servidor público há 26 anos . Posso me enquadra neste tipo de aposentadoria e qual seria o grau moderada, leve? Grato, Rozivalldo.

  130. solange mira
    14 de maio de 2013

    Tenho osteomielite no a perna esquerda tenho dificuldades para me locomover, tenho o joelho atrofiado , trabalho na educação a mais de 25 anos mais tenho 48 anos com essa nova lei consigo me aposentar ?

  131. Fabricio Campos
    13 de maio de 2013

    Olá tenho 23 anos, perdi minha visão do olho direito aos 12 anos de idade devido ao glaucoma infantil, hoje já perdi mas de 60 porcento do olho esquerdo, mas nunca contribui com o INSS, pois sempre trabalhei como cabeleireiro.
    Já n consigo mas trabalhar com isto pois minha visão falha muito e fora as dores de cabeça constante q sinto ao esforçar minha visão, e gostaria de saber se me encaixo neste beneficio, e ao que tenho direito.
    Grato.

  132. neli vieira
    13 de maio de 2013

    Gostaria de saber que é deficiência física leve e moderada, sou amputada da perna esquerda e gostaria de saber se já tenho direito a está aposentadoria, trabalho em uma empresa á 27 anos, já posso me aposentar com salário integra?

  133. Maria Aparecida
    13 de maio de 2013

    Fiz mastectomia radical em virtude de um câncer e sou considerada deficiente físico quero saber se é leve ou moderada? E gostaria de saber se funcionário do estado de São Paulo também pode?

  134. Francisco Emanuel Ferreira do Nascimento
    11 de maio de 2013

    Tenho um dedos apregado no lado do polegar direito, e eu tenho 22 anos, por causa dessa deficiência eu tenho direito de me aposentar?

  135. José Gilmar Lucas
    10 de maio de 2013

    Tive coreorretinite em um dos olhos, por isso tenho visão monoocular, que grau de deficiência é considerado, a perda de visão em um dos olhos?

  136. Jacinto Luis Cortez
    10 de maio de 2013

    Sou portador de sequela de poliomielite. Tenho 33 anos e meio de contribuição e 60 anos de idade. Gostaria de saber as definições de deficiência física leve, moderada e grave para ver se me enquadro .
    Agradeço pela atenção.

  137. giseildo
    10 de maio de 2013

    Sou portador de deficiência física recebo 50%do meu salário tem com reverter para os 100% e meu direito?

  138. Edna
    9 de maio de 2013

    Gostaria de saber em que grau de deficiência me encontro, tenho uma perna esquerda curta que me atrapalha muito no que faço no dia a dia sinto muitas dores.
    Tenho uma CNH especial será que posso me aposentar como deficiente física?

  139. severino cordeiro conserva
    9 de maio de 2013

    Tenho perna amputada e ganhe na justiça o auxilio doença 56 anos. Como fica esta situação?

  140. Ana Sílvia Péres Mafra de oliveira
    9 de maio de 2013

    sou professora municipal, tenho 55 anos e gostaria de saber se também somos incluidas na aposentadoria especial.
    Tenho “luxação congênica dos dois fêmur” em qual categoria me enquadro – média, leve ou grave?

  141. Margarette Bastos
    8 de maio de 2013

    Tenho distrofia de fuchs nos dois olhos,com isso tenho visão parcial, tenho direito a aposentaria especial, tenho 20 anos de contribuição para o INSS, e tenho 48 anos.

  142. Edna
    7 de maio de 2013

    Boa tarde.
    Tenho 50 anos e 20 de contribuição. Sou merendeira readaptada.
    Tenho osteomielite crônica. Consegui CNH em banca especial.
    Será que consigo me aposentar? Abraços.

  143. ANTONIO POSSO
    7 de maio de 2013

    Tenho deficiência física na perna esq.,á 51 anos , preciso usar bengala para andar, já contribui com o INSS 26 anos, eu me enquadro em qual deficiência , só vale a pericia do INSS .
    obrigado, abraços.

  144. simone
    7 de maio de 2013

    Boa noite!
    Sou portador de uma átaxia há 25 anos e ate aqui não descobri a causa nem razão vejam meu caso ser não fosse triste erra comigo. Não me encaixo em nada, sofro muita discriminação. Me vendo não pareço deficiente, falado ou andando julgam logo,ela ta bêbada,não posso trabalhar, pois me falta equilibro, não posso anda só pois canso com facilidade,mas estamos pagador o INSS com sacrifício quanto tempo eu tenho que contribuir para ter direito a aposentadoria.
    Tenho 45 anos e sou deficiente há 25 anos. Respondam por favor
    sem mas Simone…

  145. APARECIDO ONORATO
    6 de maio de 2013

    Gostaria de saber se essa lei vai beneficiar somente a CLT e quando vai atingir o regime estatutário.
    Grato
    ONORATO

  146. Schiavi
    6 de maio de 2013

    Bom dia. Tomei conhecimento da aprovação da lei. Gostaria de saber se eu com 52 anos de idade, 28 anos de serviço na Secretária da Segurança Púclia, Escrivão desde com 24 anos de Escrivão de Policia. Tive Poliomielite com dois anos de idade. Vou ter direito a aposentadoria especial. Pois na Policia não consigo se aposentar com paridade do salário, tem que ter idade e tempo para conseguir. O que devo fazer caso tenha direito a aposentadoria integral dos vencimentos.
    Desde já agradeço.
    Atenciosamente.

  147. Romeu Santa Cruz
    2 de maio de 2013

    Boa tarde, tenho poliomelite e sou servidor público. Quero saber, se vou ter direito à essa aposentadoria especial também.

  148. Alda Pereira da Cruz
    1 de maio de 2013

    Gostaria de saber se esse plano de aposentadoria especial para deficientes é destinado também, para professores do estado. Abraços.

  149. zilda garcia leite
    29 de abril de 2013

    Tenho uma das pernas maior do que a outra. Tive paralisia infantil quando era bebe. Manco muito. Quero saber se posso entrar com o pedido de aposentadoria. Sempre lutei por isso, mas hoje me sinto velha para entrar no mercado de trabalho.

  150. Moises Silva
    25 de abril de 2013

    Gostaria de saber se o servidor publico municipal, estadual ou federal é contemplado por esta lei.

  151. Maria Eunice Santana
    24 de abril de 2013

    Gostaria de saber a situação do servidor publico estadual.

    Atenciosamente,
    Eunice

  152. juvencio evangelista de souza
    23 de abril de 2013

    A minha deficiência,minha perna esquerda é menor que a direita eu tenho hoje 27 anos de contribuição será que eu poderia dar entrada na previdência solicitando aposentadoria por deficiência moderada.

  153. Leonardo Mattos
    23 de abril de 2013

    Olá Humberto, isso vai ser definido em decreto presidencial. Vamos aguardar.
    Abraços,
    Leonardo Mattos

  154. Zildvan Abreu Melo
    22 de abril de 2013

    Tenho perda auditiva neurossensorial severa no ouvido esquerdo desde 2000 tenho direito a aposentadoria sou vigilante tenho 18 anos de contribuição.
    Aguardo resposta

  155. luiz antoio
    21 de abril de 2013

    Sou deficiente físico tenho paralisia infantil na perna direita e ando de moleta já trabalho ha uns vinte e três anos com carteira assinada, em qual dessas modalidade me encaxarei, leve,moderada ou grave.
    Estou torcendo para que esta lei seja aprovada, pois para nós deficiente é tudo mais complicado, o governo deveria olhar um pouco mais com carinho para o deficiente físico, pois nós pagamos impostos de tudo, é o governo deveria facilitar a burocracia na hora que o deficiente vai comprar um carro o km, é muita papelada.Isto deveria ser acertado somente num órgão só, não ter que correr em vários lugar.

  156. antonio marcos r de almeida
    19 de abril de 2013

    Leonardo,
    Sou cadeirante e trabalho como porteiro na prefeitura de Governador Valadares há 22 anos. Essa lei vai atingir os funcionários públicos municipais tb como eu?

  157. jose antonio
    19 de abril de 2013

    Eu sou deficiente auditivo. Tenho direito a me aposentar?

  158. Rosita F.X. Soler
    19 de abril de 2013

    Gostaria de saber quais são as deficiências físicas que entram nessa Lei. Uma pessoa diabética e com problema de eplepsia entra em uma dessas 3 graus, grave, moderado ou leve. Parabéns pelo empenho nessa luta em favor dos deficientes.Abraços

  159. luciano pereira da costa
    18 de abril de 2013

    Sou transplantado de órgão e tomo remédio imunossupressor por toda a vida
    cid z 94,8 e diabético hiperlabil.
    Tenho 37 anos 21 anos de INSS pago, pois estava no seguro e tive alta pelo oftalmologista tomara que esta lei funciona, pois no Brasil só funciona a lei da paternidade e Maria da Penha outra quero conhecer. Tirar o direito das pessoas é mole facílimo. eu quero ver e dar direito. Perito do INSS são tudo covarde quinhão para dar alta se ganharem para aposentar muita não estavam sofrendo. A maioria é injusta.

  160. antonio ap. pinheiro
    18 de abril de 2013

    Enviado em 18/04/2013 as 19:02
    Tenho minhas deficiência nas pernas e uma enputaçao da mão esquerda. Gostaria de saber quais são os meus direito, se tenho o direito de uma aposentadoria e quais são elas por invalidez tenho o direito. Obrigado Antonio.

  161. MARIA DIONISIA
    18 de abril de 2013

    Sou deficiente física, já nasci assim.sou vitima da talidomida. Tenho evidencia-se encurtamento de um centímetro e dois milímetros no mid. ausência da falange media no terceiro e quarto dedos da mão direita.quinto dedo da mão direita em gatilho .ausência da falange media e distal no segundo dedo da mão esquerda. Anomalia do terceiro , quarto e quinto dedos da mão esquerda. Anomalia nos ossos do tornozelo, metatarseanos e artelhos do pé direito . Ausência do grande artelho do pe direito. Já não aguento andar muito, sinto muitas dores no quadril. Sou funcionária publica , vou fazer 25 anos de serviço agora em maio , será que tenho direito nessa aposentadoria . Me responde por favor. Bj dio

  162. ELCIA CONCEIÇÃO DO CARMO MELO
    18 de abril de 2013

    TENHO 42 ANOS E DEFICIÊNCIA NOS MEMBROS SUPERIORES, ALÉM DA LIMITAÇÃO NOS BRAÇOS A FALTA DO POLEGAR E DEDO MÍNIMO DA MÃO ESQUERDA E DA MÃO DIREITA FALTA O POLEGAR E O DEDO MÍNIMO MUITO DIMINUÍDO. QUERO SABER EM QUE QUADRO ME ENCAIXO. OBRIGADO

  163. Osvaldo Oliveira
    18 de abril de 2013

    Tenho deficiência física leve há mais de 40 anos,já conto com 33 anos de contribuição. Sendo servidor público federal de regime especial. Posso solicitar aposentadoria especial?

  164. ANTONIA
    18 de abril de 2013

    Li a lei, mas tenho uma duvida….sou funcionária publica do município, a lei contempla também os funcionários públicos? Se não o que precisa ser feito pra que isso aconteça?
    Jandira

  165. Maia
    18 de abril de 2013

    Sou portadora de Pé torto congênito bilateral, trabalho a 12 aos com carteira assinada. os últimos quatros anos sofri mais intervenções cirúrgicas, devido ao meu caso.
    Gostaria de saber qual o meu grau de deficiência e como me beneficiar desse projeto.

  166. Gilmara
    18 de abril de 2013

    Eu moro fora do Brasil tenho 42 anos e 50 a 60% de deficiência a causa de um acidente.
    Depois do meu acidente não voltei a trabalhei. Eu gostaria de saber se um dia volto a morar no Brasil se me poderia aposentar.

  167. H. Cesário
    17 de abril de 2013

    Nós que fazemos parte do grupo dos especiais, só temos a lhe agradecer deputado! Deus seja contigo.

  168. liliane ap dinardo
    17 de abril de 2013

    Eu sou prof de educação física. Sofri um atropelamento onde fazia 6 meses que tinha saído da escola particular mas estava na escola do estado, mas recebia pelo INSS auxilio doença e pelo estado licença saúde fiquei com sequela na perna esquerda. Vou fazer a 13° cirurgia. No particular me aposentaram por invalidez. No estado readaptou fiquei só com parte burocrática apesar de estar sempre de licença saúde. Em 2012 o INSS suspendeu a aposentadoria não sei o pq e eu estava de licença da escola do estado passo pelas pericias do estado e é concedida no INSS entrei com auxilio doença já passei por 3 peritos todos indeferiram o que devo fazer?

  169. Humberto Macedo
    17 de abril de 2013

    Gostaria de saber que é deficiência física leve e moderada

  170. DILTON OLIVEIRA CABRAL VIEIRA
    16 de abril de 2013

    Parabéns por tudo que tem feito e muito obrigado, pois sei que terei este benefício, mas fico preocupado com a perícia do INSS. Contribuo há quase 28 anos e sou deficiente físico há 38, perda total do membro inferior. Acredito que na classificação do grau de df poderemos nos prejudicar ou na regulamentação/própria lei terá estas definições?

  171. Elaine C Fabiano Rodrigues
    25 de março de 2013

    minha filha tem 14 anos e sofreu um acidente em sua mão esquerda,onde cortou as duas artérias, os cinco tendões e nervos,perdendo o movimento total de sua mão…Quero saber se tenho direito a algum auxilio previdenciario..

  172. jarbas aparecido ambires
    25 de março de 2013

    O que é deficiência grave e deficiência moderada? Tenho 42 anos e sofri amputação da minha perna direita acima do joelho aos 4 anos de idade. Aos 30 anos já tinha problemas na coluna e não vou aguentar trabalhar até os sessenta anos, assim também como qualquer pessoa que sofreu atrofiamento ou amputação de membro inferior ou superior ou é cadeirante. Os problemas na coluna surgem mais cedo para os portadores dessas deficiências. Em qual grau de deficiência eu me enquadro?

  173. patricia gonçalves
    13 de março de 2013

    Nós deficientes físicos não aguentamos trabalhar durante 20 anos ou 25 anos e nem uma pessoa normal vai chegando 50 anos em diante cheio de problemas,coluna,perna,fraqueza nos ossos etc…o deficiente visual não vê mais os braços e as pernas estão bom para trabalhar,o deficiente auditivo não escuta mais as pernas e os braços estão bom para trabalhar,o deficiente cadeirante,moletante e físico da perna e do braço não consegui porque as pernas e os braços não suportam a dor e os médico não querem nem saber e governo abre porta de serviço para nós e não ver a dificuldade que temos para chegar no serviço.

  174. EGIDIO VALMIR CARVALHO
    3 de março de 2013

    TENHO 48 ANOS DE IDADE, 22 ANOS COMO AGENTE DE ORGANIZAÇÃO ESCOLAR, SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO ESTADO DE SÃO PAULO CARGO EFETIVO.
    TENHO TAMBEM 13 ANOS EM EMPRESAS PRIVADA, SENDO 06 ANOS RURAL.
    TRABALHO DESDE OS 13 ANOS DE IDADE COM REGISTRO EM CARTEIRA E DEPOIS COMO ESTATUTARIO .
    SOU DEFICIENTE MONOCULAR CID H54.4 OLHO DIREITO DESDE CRIANÇA.
    DIANTE DA LEI PAULISTA 14481/11 E ARTIGO 40, § 4º, DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL, SERIA POSSIVEL SOLICITAR APOSANTADORIA ESPECIAL JUNTO A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO ESTADO DE SÃO PAULO?
    E COM O PROVAVEL INDEFERIMENTO SERIA VIAVEL O MANTADO DE INJUNÇÃO.
    EGIDIO V. VARVALHO
    16-91324982
    OBRIGADO

  175. fatima adriane da silva
    28 de fevereiro de 2013

    Meu marido tem perda auditiva neurossensorial de grau leve a moderadamente severo ,tem direito a uma aposentadoria?

  176. Paulo Hnerique Sobral
    27 de fevereiro de 2013

    Minha esposa perdeu mais de oitenta por cento de sua audição em uma empresa. Pergunto se ela tem algum benefício do governo ou se pode aposenta-la por ter contribuído por mais de três anos registrada?!

  177. Roberto
    26 de fevereiro de 2013

    Alguma novidade a repeito do andamento desta Lei, tão importante?

  178. durvalina c de sousa
    22 de fevereiro de 2013

    Tenho uma criança na escola e a mesma hemipegia direita ela tem o direito de receber um auxilio para deficiente?

  179. renato
    17 de fevereiro de 2013

    oi meu nome renato tenho 39 anos eu naci faltando 4 dedo da mao esquerda mas nunca fuia tras dos meusdireito sempre trabalhei e ate tirei carro no plano do deficiente fisico mas ja estou ficandovelho e queria saber se eu tenho direito de me aposentar e como faria gostaria de saber mais dos meus direito muito obrigado

  180. Aliomar conceição
    7 de fevereiro de 2013

    Estou com 25 anos trabalhando em industria e com perda leve na audição já tenho direito aposentadoria.

  181. Lilian Pequeno
    7 de fevereiro de 2013

    Sou deficiente auditivo moderada/severa bilateral, quando posso fazer a pericia pelo INSS, a lei sendo vigorada, a pessoa que já trabalha como deficiente terá os anos contado da carteira de trabalho ou só depois da lei aprovada???

  182. carlos eduardo franchi
    4 de fevereiro de 2013

    Vamos ver se nesse ano de 2013 conseguimos avançar nessa lei que seja aprovada pois uma pessoa com deficiência física tem menos vigor que uma pessoa normal, e quanto a acessibilidade deveria ser uma obrigação das empresas, pois sou deficiente físico e tenho que subir e descer mais de 100 degraus por dia e possuo perna mecânica.!! Avanti a nossa aposentadoria que Deus os abençoe.

  183. carlos alberto
    3 de fevereiro de 2013

    Quero saber com quantos anos um deficiente de poliomielite pode se aposentar

  184. Moises Moreira Braga
    23 de janeiro de 2013

    Trabalho há 10 anos com plano de saúde e agora recentemente uns quase 1 anos tive labirintite crise horrível e fiquei com apenas 20% da audição no ouvido esquerdo e no direito não ouço nada.está difícil de atender telefone para fechar plano de saúde.
    não consigo trabalhar, eu tenho direito a aposentadoria por deficiência auditiva.
    Aguardo!!!

  185. Valdejânia Santos Carvalho
    23 de janeiro de 2013

    Minha filha tem 11 meses, ela nasceu sem a mão direta neste caso tem direito a algum auxilio do INSS?

  186. ISABEL ALVES
    22 de janeiro de 2013

    Boa noite, sou deficiente física de nascença, possuo LUXAÇÃO BILATERAL INVERTEBRADA NOS QUADRIS, tenho 22 anos de contribuição e 51 anos de idade.
    Gostaria de saber se já posso aposentar, pois tenho muitas dores.

  187. Leodete Bernardi
    22 de janeiro de 2013

    Olá!
    Sou deficiente físico e tenho tempo de contribuição pelo INSS e, há 7 anos sou Servidora Estadual no Rio Grande do Sul. Essa Lei também se aplica ao meu caso?

  188. carlos alberto bittencourt da silva
    19 de janeiro de 2013

    Parabenizo-o pelo projeto, e gostaria de dizer que sou deficiente de nascença, como surdez ,tive sequelas da pólio. Trabalho á 32 anos como ppd. Quando poderei passar por pericia para saber em que grau me incluo. Abraços

  189. maria Rita
    18 de janeiro de 2013

    Gostaria de saber que essa lei serve para a área de educação tb.
    Sou professora e aposentadoria especial vale par professor também? Gostaria de esclarecimento.

  190. João Marcelo Hilário
    17 de janeiro de 2013

    Sou portador de Poliomielite no membro inferior esquerdo, tenho 39 anos e trabalho desde os 17 anos. Gostaria de saber se tenho direito de receber alguma pensão e como proceder referente a aposentadoria.
    Grato.

  191. maria jose da silva santos
    14 de janeiro de 2013

    Sou funcionária pública municipal há 25anos sou deficiente física do membro inferior esquerdo, qual o meu grau de deficiência e esta lei quando será aprovada?
    Já me locomovo com dificuldade para o trabalho o qual eu ando 25minutos a pé até chegar a onde trabalho, fico cansada e com bastante dor tanto na coluna como na perna,a qual tem uma diferença de quase 4cm da outra.será que é tão difícil assinarem esta lei que é de direito para nós deficiente?

  192. ANTONIO RENATO PEDROSO DE LARA
    13 de janeiro de 2013

    Sou amputado desde 1972, contribuo com a previdência desde 1981 no meu caso em qual das categorias me enquadro para me aposentar. Eu tenho a perna esquerda amputada abaixo do joelho. No aguardo atenciosamente.

  193. jose arildo
    8 de janeiro de 2013

    Trabalho com muita dificuldade faz quase 20 anos que amputei a perna. Até quando teremos que esperar?

  194. Paulo Marcelo de Sousa
    20 de dezembro de 2012

    Tenho 44 anos, apresento hipoacusia neurossensorial bilateral de grau severo.
    Gostaria de saber se tenho direito a aposentadoria ou auxilio doença.

  195. sebasthianna ferreida de Morais
    7 de dezembro de 2012

    Sou portadora de deficiência na perna esquerda desde os doze anos de idade.
    Poliomielite gostaria de saber se minha deficiência é considerada moderada ou grave, ando com auxilio de uma bengala.
    Sou funcionária publica a 24 anos.

  196. teresa cristina bezerra da silva
    7 de dezembro de 2012

    Gostaria de saber com quantos anos a pessoa com paralisia infantil pode se aposentar e por idade, e quantos anos trabalhado.

  197. Elvira Queiroz
    4 de dezembro de 2012

    Oi! Tenho 58 anos, tenho um rebaixamento grave no ouvido direito, e um rebaixamento no esquerdo.
    Tenho 28 anos trabalhados, posso me aposentar como especial?…

  198. Jeferson
    4 de dezembro de 2012

    Sou deficiente auditivo moderada bilateral dos dois ouvidos, meu LAUDO MÉDICO é do hospital HUB, já fui aprovado nos passes livres, gostaria de ser informado se eu tenho direito da Aposentadoria Especial??? Aguardo…

  199. Anderson Leite
    27 de novembro de 2012

    Tenho amputação transtibial da perna esquerda a 10 anos, terei direito a aposentadoria especial?
    Continuo trabalhando e completarei pelo tempo normal, 35 anos aos exatos 53 anos de idade.

  200. francisco goncalves cardoso junior
    27 de novembro de 2012

    Sou amputado não tenho a mão direita devido há um acidente fui atropelado por um ônibus.
    Trabalho desde 2005 e hoje eu tenho uma tendinite na minha mão esquerda por fazer movimentos repetitivos.
    Eu tenho direito a aposentadoria?

  201. Darci Aparecido Pimenta
    23 de novembro de 2012

    Tenho 50 anos ,sou portador de deficiência congênita do antebraço esquerdo,
    tenho 28 anos aproximadamente de trabalhado no serviço publico no regime estatutário.
    Posso aposentar e com 100% da minha renda ?

  202. Tabata Larissa
    13 de novembro de 2012

    Eu Sou deficiencia auditiva profunda surdez posso me aposentar?

  203. Sergio Henrique de Souza
    10 de novembro de 2012

    Tenho perda auditiva quase total nos dois ouvidos, 29 anos pagos ao INSS, por acaso se sua lei foi aprovada teria que estar aposentado, mas o INSS diz não ter conhecimento de tal lei.
    Por favor me oriente. Aguardo comunicado.

  204. Arlito Jr
    10 de novembro de 2012

    Tive pólio aos 2 anos de idade apresentando monoparesia do membro inferior direito.
    Hoje, aos 43 anos apresento sinais de cansaço e dores nas articulações. Isso seria que tipo de deficiência? Leve, moderada … ?

  205. Voile
    2 de novembro de 2012

    Sou amputado acima do joelho, tenho 32 anos, tenho direito a aposentadoria? Em que grau eu me enquadro? Ou em qual momento posso dar entrada neste beneficio. Abçs..

  206. edilene
    26 de outubro de 2012

    Em 2006 fui submetida a uma cirurgia na coluna que estava com 94° de curvatura.Após cirurgia fiquei com algumas sequelas:não posso ficar muito tempo sentada ou em pé,as pernas doem muito principalmente os joelhos na hora de sentar ou levantar.As vezes o corpo todo apresenta dor em lugares diferentes.Os médicos disseram que é sequela da coluna.Não tem jeito.Fisioterapia e analgésicos serão constantes em toda minha vida.Uso moleta para me ajudar a locomover na medida do possível.
    Após cirurgia me aposentei pelo estado onde tinha quinze anos por invalidez, porém o INSS nega o mesmo direito mandando eu voltar ao trabalho.
    Os médicos já não sabem mais o que colocar nos relatórios .Sou hipertensa.

  207. Mirelle
    25 de outubro de 2012

    Oi,
    tenho audição em apenas uma orelha, tenho 24 anos.
    tenho algum direito reservado?
    Grata, aguardo retorno.

  208. Nando
    18 de outubro de 2012

    Eu sou deficiente auditivo,profundo surdez cada ano piora ainda por causa minha idade,já posso me aposentar ou não mais tarde???
    Grato!

  209. claudio augusto machado
    9 de outubro de 2012

    Oi eu tenho direito de me aposentar tenho 44 anos com 90 por cento de auditiva será q me aposento e como faço pra se aposentar
    obrigado!!!

  210. cristiane
    9 de outubro de 2012

    Moro em União da Vitoria, tenho uma irmã com deficiência auditava, gostaria de saber se tem com ela se aposentar?

  211. elizabeth lamounier
    9 de outubro de 2012

    Quando assumi concurso de professor fiz todos exames inclusive audiométrico deu tudo normal hoje tenho perca auditiva profunda de ambas orelhas.
    Posso me enquadrar na aposentadoria especial para deficiente com 20 anos de contribuição?

  212. nilton da silva melo
    6 de outubro de 2012

    Meu irmão perdeu 1 braço no acidente de moto ele estava recebendo seguro desemprego ele tem direito a aposentadoria?

  213. Eide Ferreira Lima Abreu
    5 de outubro de 2012

    Sou servidora pública municipal, tenho 09 anos, 7 meses e 1 dia de INSS, e já estou com 17 anos, +- 10 meses de serviço público, além de 56 dias pelo estado do extinto Baneser, sou portadora de deficiência física já a 38 e oito anos (amputação perna direita um pouco abaixo do joelho), além de ter adquirido uma hérnia de disco na coluna cervical, tenho muitas dores, tomo até três anti-inflamatório por dia para aliviar minhas dores.
    Trabalho mais de oito horas por dia com digitação, já não estou conseguindo ficar muito tempo sentada, pois até as pernas doem, gostaria de saber: se já esta aprovada a LEI de aposentadoria especial pra deficientes físicos e como fica nossa situação como servidor público?
    Ah, a propósito parabéns e muito obrigada por ter se lembrado dos deficientes.

  214. zenaide
    28 de setembro de 2012

    Eu e meu esposo somos deficientes estamos ansiosos para que essa lei seja aprovada, pois já estamos cansados e até mesmo doentes.
    O mais triste é que o INSS não nós dá o respeito merecido.

  215. Areny
    24 de setembro de 2012

    Sou deficiente desde 1 ano de idade, trabalho a 30 anos no serviço público estadual. Já tenho direito a aposentadoria ou não? Gostaria de saber, pois me falaram que posso aposentar só com 57 anos.

  216. CARLOS HENRIQUE MARSULLA
    10 de setembro de 2012

    Eu não entendo nada da forma como são colocadas para votação as leis no Senado e na câmara. Mas pelo jeito vai demorar muito para tudo isso valer !!! Mas sonhar não paga nada.

  217. sbc
    28 de agosto de 2012

    Sou professora há 24 anos (SEDF), Deficiente auditiva moderada. Gostaria de saber se terei direito a referida aposentadoria (citada no projeto de lei), sendo que professor tem já direito a aposentadoria especial 25 anos de serviço e 50 anos( idade mínima p/mulheres).

  218. Maria do P.Socorro Nobrega Pascoal Costa
    24 de agosto de 2012

    Sou deficiente auditiva neurossensorial mista profunda no ouvido direito e mista no esquerdo. E sou portadora de depressão bipolar. Trabalho há 28 anos como Agente Administrativo em C. Grande.já poso me aposentar.Solicito resposta URGENTE!
    Atenciosamente.
    Socorro Nobrega Pascoal Campina Grande – PB

  219. nelcichagasdasilva
    8 de agosto de 2012

    Fiquei muito feliz.

  220. JOAO LUCIO RODRIGUES DA COSTA
    31 de julho de 2012

    Sou amputado acima do joelho.
    Minha deficiência é que grau?

  221. Maria de Fatima
    26 de julho de 2012

    Sou deficiente físico. Fiquei com sequela da pólio na perna direita. Trabalhei 4 anos em empresa privada e 10 sou servidora pública estadual. Tenho 58 anos de idade. Quando tempo tenho que trabalhar até aposentar sem que haja perda salarial?

  222. Wilton
    18 de julho de 2012

    Sou amputado da perna direita acima do joelho. Minha deficiência é considerada grave?
    Completo 25 anos trabalhados em 05/2013.

  223. jose alves de urany
    9 de julho de 2012

    Leornardo boa tarde.
    Estou esperando por essa lei(aposentadoria para deficiente) a muito tempo. Já tenho 35 anos de trabalho 59 de idade. Vale a pena esperar?

    Obrigado

  224. Jonas José de Sá
    6 de julho de 2012

    Tenho 60 anos de idade, com perda auditiva mista de grau severo a profunda bilateral.
    Já recolhi através de carteira assinada 17 anos, tenho direito?

  225. NAPOLEAO ALVES
    5 de julho de 2012

    Gostaria de saber como ficará a aposentadoria para o deficiente que seja servidor publico. Diminuiria a idade caso já tenha o tempo de contribuição?

  226. Cacio
    1 de julho de 2012

    Parabéns.
    Que Deus o abençoe, por ser porta-voz de muitos.

  227. lourdes dos santos
    22 de junho de 2012

    Sou funcionaria publica há 30 anos, mas pela idade ainda faltam 2 anos e meio, mas não estou mais aguentando trabalhar.
    O que faço???
    Abraços

  228. Nilza Lucia Rodrigues Silva
    11 de junho de 2012

    Agradeço muito ao Leonardo e que Deus o abençoe. Sou deficiente, sou professora a 28 anos. Tenho muitas dores nas pernas. Sempre estou com minha perna engessada. Tenho tempo para me aposentar, mas a aposentadoria é muito menos do que ganho.
    Então tenho que trabalhar com as dores no corpo.
    Espero que esta lei seja aprovada em breve.

  229. Kelinha
    30 de março de 2012

    Sou de Campinas, bairro recanto do sol. Parabéns para nós.
    Meu nome é kelinha e não vejo a hora de tudo isso ser realizado, pois não aguento mais de dor nas perninhas ….bjs.

  230. marilza
    29 de março de 2012

    Tenho um filho que é deficiente auditivo e não tem beneficio

  231. Rosimar Nobre
    29 de março de 2012

    Caro Leonardo,

    Parabéns pela iniciativa.

    Fico feliz em saber que o projeto está em andamento, espero que em breve consigamos esse benefício.
    Acho que uma informação tão importante como essa deveria ser divulgada nos diversos meios de comunicação que temos hoje, como TV, rádio, redes sociais e outros. Gostaria muito de contribuir para que essa divulgação acontecesse.

  232. cléia francisco de carvalho
    27 de março de 2012

    eu só tenho a agradecer a você deputado por tudo de bom que vc esta fazendo por nos deficientes,o meu mais,muito obrigada,abraços,fique com DEUS.

  233. eulina bernardo da fonseca da silva
    26 de março de 2012

    Gostaria de saber se o PLS 250/2005 que trata da aposentadoria especial ao deficiente servidor publico também será aprovado.

  234. Geraldo Nogueira
    24 de março de 2012

    Caro Vereador:
    Sei que muitas pessoas do movimento de PcD são contra a ideia de uma aposentadoria especial, mas como advogado militante e integrante dos movimentos, e sem entrar nas questões de mérito, sou favorável ao PL, entendendo que este preservará melhores condições de saúde e qualidade vida ao segmento. Por isso cumprimentamo-lo pela iniciativa do Projeto.Parabéns! Abraços.

  235. nilton pereira
    24 de março de 2012

    Toda sequela seja ela qual for é uma deficiência. Hoje os peritos do INSS usam o critério laborativo e dificilmente concedem até auxilio doença pelo regime(RGPS)será que vai ser usado este critério?

  236. Edson Freitas
    23 de março de 2012

    Sei que precisamos aguardar os critérios de perícia do INSS, mas o que poderíamos pensar como deficiência leve?
    Abraços.

  237. José Branco
    22 de março de 2012

    Os deficientes físicos que são funcionários públicos não terão direito a essa aposentadoria especial?

  238. Renato Coelho
    22 de março de 2012

    Gostaria de saber se a deficiência moderada é aquele que anda de muletas ou bengalas, que possui atrofiamento nas pernas? Podemos olhar somente através de perise. Tenho 17anos de trabalho queria saber se vou ter que esperar mesmo mais 13 anos para aposentar.

  239. Grace da Silva Medeiros Paim
    22 de março de 2012

    Estou em dúvida. Gostaria de saber a respeito do Deficiente auditiva surdez profunda bilateral tem direito de aposentar por quanto tempo? Por favor aguardo a resposta.

  240. EDUARDO
    22 de março de 2012

    Acredito que deveria ser abrangido tanto os deficientes físicos RGPS como o dos RPPS, uma vez que a deficiência não se mede pelo regime jurídico e sim pelo problema físico, não importando onde se trabalha.

  241. eduardo
    22 de março de 2012

    Como fica o deficiente físico que seja servidor público? Não terão direito a aposentadoria especial?

  242. Clovis Dutra Oliveira
    21 de março de 2012

    O que é deficiencia grave, eu enxergo 10% baixa visão 20/200. Eu acho grave. Eu perguntaria, o que é pior 10% das pernas , 10% dos braços, 10% da visão?

  243. Ana
    21 de março de 2012

    Obrigado de coração deputado e que consigamos isso em breve!!
    abraço forte e que deus te abençoe!!

  244. Marcia Marques
    21 de março de 2012

    Estamos com você Leonardo, até conseguirmos a sanção da Lei!Abraços!

Deixe um comentario